O Fenômeno Jair Bolsonaro! Até onde o Mito deve crescer nas pesquisas espontâneas?

Variedades

Esse golpe é mesmo uma maravilha.

Não apenas o novo governo Temer, formado a partir do impeachment da ex-presidente Dilma, encheu-se de indiciados pela Lava Jato e outras investigações de corrupção após várias DELAÇÕES PREMIADAS principalmente dos executivos da Odebrecht, como Jair Bolsonaro tornou-se um dos candidatos mais importantes do sudeste e o preferido, de longe, dos mais ricos.

Na íntegra da pesquisa Datafolha, divulgada recentemente, descobrimos algumas coisas que a mídia andou escondendo do público, talvez constrangida em relação a um panorama que ela mesmo ajudou a construir.

Por exemplo, Jair Bolsonaro ultrapassou Lula e Aécio Neves na pontuação espontânea de intenção de voto para 2018: ele tem 5 pontos, contra 3 para Lula e Aécio cada um.

 

ScreenHunter_219 Jul. 18 19.52

 

A tabela mais instrutiva do Datafolha, na minha opinião, é a seguinte:

 

datafolha_jul2016

 

Nela, constata-se que o ódio político ao PT é, de fato, um elemento de classe. Entre os brasileiros que ganham entre 5 e 10 salários mensais, ou seja, que ganham de R$ 4 a R$ 8 mil, Jair Bolsonaro tem liderança absoluta, com 19% dos votos. Na faixa de renda mais alta do Datafolha, os que ganham mais de R$ 8 mil ao mês, Bolsonaro também vence isoladamente, com 16% dos votos.

A força de Bolsonaro está, sobretudo, no Sudeste, e entre os mais ricos.

Outros pontos sobre Bolsonaro que merecem análise:

  1. O seu eleitorado é bastante desequilibrado no quesito gênero. 72% dos eleitores de Bolsonaro são homens. O eleitorado de Lula, por exemplo, é equilibrado: 52% homens, 48% mulheres.
  2. É o segundo candidato com eleitor mais jovem: idade média de 33 anos, contra 42 de Lula, 35 de Marina e 37 de Aécio Neves. Luciana Genro, porém, ganha nesse quesito, com um eleitor de idade média de 31 anos.
  3. 58% dos eleitores de Bolsonaro são do Sudeste. Luciana Genro, neste sentido, tem um perfil parecido.

bolso2

Em uma pesquisa mais recente realizada pelo Instituto Paraná Pesquisas até mais realista que o realizado pelo DataFolha Jair Bolsonaro aparece tecnicamente empatado com Marina Silva, e em evidente crescimento após os últimos acontecimentos na Lava Jato dado a importância que esta sendo atribuída a lista de Facchin e os nomes revelados na delação de Marcelo Odebrecht.

 

Apesar de cedo para dizer quem será ou não o presidente da republica empossado em 1º de janeiro de 2019 uma coisa é certa.

Nunca na historia de um país “Democrático”  a escolha de um presidente da republica dependeu tanto de uma Operação da Policia Federal que expôs de forma tão explicita toda a lama e sujeira posta embaixo dos tapetes institucionais do planalto central.

Lamentavelmente o tônus dos debates devem ser medidos por quem irá pregar mais o “Discurso de ódio ou de classe” deixando mais uma vez a população brasileira órfã de ” Propostas e Projetos” para tirar o Brasil da recessão onde ano após ano os números do PIB deve ser negativo enquanto o numero de desempregados devem aumentar ainda mais.

Por: Opinião Pública/ Léo Feitosa/ Fonte: DataFolha e Paraná Pesquisas.

 

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *